Redes de franquia investem na expansão para Minas Gerais

Fora do eixo Rio-São Paulo, o estado tem atraído o olhar de empreendedores em busca do crescimento nos negócios.

O setor de franquias não para de crescer. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento já faturou R$ 38,8 milhões no primeiro trimestre de 2018, uma alta de 5,1% frente ao mesmo período do ano passado. E, Minas Gerais tem sido um dos mercados promissores dentro do segmento. Ainda de acordo com a ABF, o mercado mineiro cresceu 12% em número de redes em 2017, atingindo o patamar de 530 marcas em operação. Além disso, Minas expandiu em 10% o número de unidades, com 7.319 pontos de venda.

A maioria das unidades no Estado atua nos mercados de Saúde, Beleza e Bem-Estar (23,4%), Alimentação (21,9%) e Serviços Educacionais (14,9%). Considerando este cenário, selecionamos algumas redes que estão em franca expansão no estado de Minas Gerais:

Nhô Sorvetes – rede de franquia de sorvete soft

A tradicional sorveteria Nhô Sorvetes, de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, oferece dois modelos de negócio: quiosque com investimento inicial de R$ 162,5 mil e formato loja com R$ 185,5 mil, ambos incluem taxa de franquia e capital de giro. A rede prevê encerrar 2018 com cinco contratos fechados no Estado de Minas Gerais.

Green Station – primeira rede de franquias de salada por quilo do país

Green Station – primeira rede de franquias de salada por quilo do país – está mirando sua expansão para o Estado de Minas Gerais. Com duas lojas em operação instaladas em Mangabeiras  e Buritis, a marca acelera as implementações de mais seis unidades comercializadas para Barro Preto, Divinópolis, LifeCenter, Shopping Cidade, Belvedere e Aeroporto de Confins. O Estado mineiro será o primeiro a receber uma unidade da marca dentro de aeroportos. Até o final do  ano serão 20 unidades instaladas, 100 novos empregos diretos e um faturamento de R$  8 milhões somente para Minas Gerais. A região é a segunda maior praça para a marca e, além do investimento na expansão, eles também estão focados na infraestrutura para atender as unidades com o Centro de Distribuição próprio da franqueadora.

Emagrecentro – rede de serviços estéticos

Há 32 anos no mercado, a rede de estética Emagrecentro, com mais de 110 franquias espalhadas no Brasil, oferece modelos de negócio para investir a partir de R$ 59,5 mil e prevê ter 19 novos contratos nas cidades mineiras até o final de 2018, nas cidades de Montes Claros, Juiz de Fora, Contagem, Itajubá, Teófilo Otoni, Uberaba, Curvelo, Januária, Pouso Alegre, Betim, Ribeirão das Neves, Governador Valadares, Patos de Minas, Barbacena, Varginha, Ubá, Passos e Conselheiro Lafaiete e Araxá.

Patroni – rede de carnes, pizzas e massas

Rubens Augusto Junior fundou a Patroni em 1984 para o pai que estava em depressão, anos mais tarde, a atitude altruísta fez com que a pizzaria do bairro do Paraíso se tornasse a maior rede de franquias de pizzarias do Brasil. Com mais de 200 unidades e modelos de negócio a partir de R$ 150 mil, a rede possui cinco unidades em operação no Estado de Minas em Belo Horizonte, Contagem, Governador Valadares, Juiz de Fora e Varginha. Duas lojas estão em negociação em BH e a previsão é de abrir mais duas unidades na praça, totalizando quatro novos restaurantes até o final de 2018.

Mapa da Mina

A rede de franquias especializada em semijoias, oferece modelos de negócio com investimento inicial a partir de R$ 30 mil. Até o fim de 2018, a rede prevê encerrar o ano com três operações no Estado de Minas Gerais.

Via: Exame.

Saiba qual é a melhor franquia para você investir Agora
X