Novas franquias Rei do Escondidinho e Dona Nuvem apostam nos quiosques para acelerar sua expansão

Investimento mais baixo em comparação com uma loja física costuma ser um grande atrativo para os investidores.

Duas franquias que acabam de chegar ao mercado, Dona Nuvem e Rei do Escondidinho, apostam nos quiosques para acelerar a expansão de suas marcas. Trata-se de uma formatação que traz inúmeros benefícios para o investidor, entre eles, um investimento mais atrativo em comparação com a loja física; mais facilidade de instalar-se em pontos comerciais atrativos, como os shoppings, por exemplo; e menor custo operacional.

Dona Nuvem, a sorveteria mais inovadora (e fofa!) do Brasil já está desenvolvendo um segundo modelo de quiosque


A famosa Rua Augusta, na capital paulista, tem a mais charmosa sorveteria da cidade: com filas na porta todos os finais de semana desde a inauguração, há quase um ano, a Dona Nuvem inovou ao oferecer à clientela uma experiência única de entretenimento ao mesclar sorvete e algodão doce numa única sobremesa, repleta de cor, sabor e qualidade. “Realmente, não vendemos sorvete com algodão doce – ou vice-versa: trazemos uma experiência lúdica e divertida para crianças e adultos por meio de produtos fresquinhos, produzidos na própria loja”, explica Manoel Lima, idealizador da marca.

A franquia acaba de ser lançada, e espera expandir-se por meio de lojas e também quiosques para galerias ou shoppings, com espaço de 9 m2 e investimento médio de R$ 200 mil, também com a taxa de franquia inclusa. O faturamento médio esperado é de R$ 40,8 mil. Segundo o franqueador, um novo modelo de quiosque, que terá cerca de 5m², será apresentado em breve.

A ideia inicial da Dona Nuvem é chegar a todas as capitais e também ao Estado de São Paulo, nos próximos três anos. Para 2018, a meta é alcançar dez franquias. A Dona Nuvem oferece ao franqueado todo o suporte para abertura de sua unidade franqueada, desde a avaliação do ponto comercial e o projeto arquitetônico até os treinamentos, a transferência de know-how e o suporte operacional completo.

Rei do Escondidinho, a nova marca da Água Doce Sabores do Brasil: quiosque é modelo exclusivo


A inspiração para criar o Rei do Escondidinho foi o prato campeão de vendas da rede Água Doce, composta por mais de 80 casas especializadas nos melhores Sabores do Brasil. “Após vários estudos, somados à nossa experiência no ramo gastronômico, sentimos que por trás do Escondidinho havia uma excelente oportunidade de negócio. Assim nasceu a franquia, que oferecerá, por meio de quiosques instalados em shoppings, centros comerciais, supermercados e outros pontos com grande circulação de pessoas, este delicioso prato, em porções individuais e sabores variados”, explica Bertolucci.

O investimento num quiosque será, aproximadamente, R$ 168,5 mil. O valor inclui taxa de franquia, capital de giro, equipamentos e utensílios, o quiosque e o sistema de automação, entre outras despesas. “O franqueado contará com todo o suporte da franqueadora para administrar a operação e maximizar sua lucratividade”, reforça o Diretor.

Vale ressaltar que a franqueadora concede apoio total para o franqueado gerir o negócio, o que inclui negociações exclusivas com fornecedores para praticar os melhores preços; Serviço de Apoio do Franqueado, para resolver todas as questões que envolvem a franquia; serviços de Marketing e Comunicação; treinamentos e cursos na Uniagua Doce para capacitar os franqueados e sua brigada, além de promover campanhas internas para motivar as equipes, e divulgação na mídia e nas redes sociais para fortalecer a marca e atrair clientes.

Jornal Dia a Dia.

Saiba qual é a melhor franquia para você investir Agora
X