Franquia pode ser uma boa opção para quem pretende empreender em 2019

O Sebrae reuniu dicas para quem planeja aderir a esse modelo de empreendedorismo

O mercado de franquias é uma opção para os empreendedores que desejam abrir um negócio com uma marca já estabelecida no mercado. Esse é um segmento que se mantém em alta no Brasil, nos últimos anos. Pesquisas recentes da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que o setor de franquias registrou, em 2018, um crescimento de 7% da receita na comparação com 2017. Observada a tendência de retomada do crescimento, a Associação projeta para este ano uma alta de faturamento entre 8% e 10%, chegando a quase R$ 180 bilhões.

Além de representar um mercado em expansão, o sistema de franquias é considerado uma opção mais segura de negócio para empreendedores menos experientes. Quem planeja abrir uma empresa dentro desse modelo conta com um conjunto de marcas já consolidadas (nos mais diferentes ramos de atividade), expertise do franqueador, plano de negócios estruturado, economia de escala e planejamento mais assertivo.

Veja o roteiro com as cinco principais dicas para quem pretende investir no mercado de franquias:

Pesquise as franquias

Antes de adquirir uma franquia você deve fazer uma análise do negócio. Não basta escolher as mais lucrativas ou famosas, é preciso verificar a compatibilidade dessa atividade com o seu perfil de empreendedor. Algumas podem estar acima da sua capacidade de investimento, outras podem exigir habilitações ou tempo de dedicação exclusiva que não condizem com a sua realidade. Submeta cada franquia aos critérios de análise que você tiver adotado, como afinidade, reconhecimento da marca ou qualquer outro que considere essencial e então aprofunde a pesquisa com aquelas que tenham sido mais bem avaliadas.

Planeje os investimentos

É preciso ter capital suficiente para iniciar e manter a operação até que ela se torne rentável. O risco de se gastar mais do que havia sido planejado é uma possibilidade em qualquer empreendimento.

Faça análise de lucratividade

Não basta conhecer o capital inicial total previsto pela franqueadora. É necessário saber quais as opções de rentabilidade, porque comprar uma franquia pressupõe a análise comparada a outros investimentos disponíveis no mercado.

Avalie a experiência do franqueador e o suporte oferecido

No sistema de franquias, o franqueado paga por um know-how, por reproduzir um modelo de sucesso e pelo direito de uso de uma marca reconhecida no mercado. Para obter o sucesso já alcançado pelo franqueador é preciso ter o seu apoio em forma de bons treinamentos, inovação tecnológica aplicada ao negócio e suporte operacional, que devem ser medidos junto às unidades já em operação.

Verifique a saúde financeira da franquia e o cumprimento às exigências legais

A franqueadora precisa garantir a seus franqueados a viabilidade de seu plano de negócios, com dados financeiros que comprovem sua capacidade de atender às necessidades de gestão de sua rede.

A legislação determina a entrega dos balanços dos dois últimos exercícios juntamente com a Circular de Oferta de Franquia (COF), documento usado pelo franqueador para fornecer as informações comerciais, financeiras e jurídicas da rede para investidores interessados em adquirir e operar uma empresa da marca.

Saiba qual é a melhor franquia para você investir Agora
X