Como funciona a taxa de franquia?

Todo franqueado paga um valor específico para participar de uma rede de franquias

Como funciona a taxa de franquia?

A taxa de franquia é o valor cobrado pela franqueadora que corresponde à concessão do uso da marca pelo franqueado. Ela é paga pelo franqueado no momento da assinatura do contrato e é um valor fixo e único cobrado neste momento.

Essa taxa remunera a franqueadora em licença de direito de uso da marca, capacitação inicial do franqueado e de sua equipe antes da inauguração e transferência de know-how.

Antes da abertura, o franqueado deve recebert orientação quanto ao sistema de gestão, os fornecedores da rede, a reforma e as instalações da unidade, identidade visual e todos os outros aspectos e informações que o franqueado precisa saber para colocar o negócio em funcionamento.

Os franqueadores no momento da assinatura do contrato de franquia ou durante o programa de capacitação inicial entregam os manuais de operação da unidade, o que também faz parte do material de apoio e transferência de know how. A taxa de franquia faz parte do investimento inicial que o franqueado deve realizar e deve vir explícita na planilha de investimento divulgada pela franqueadora.

A rede pode optar por não cobrar esse valor, mas isso não significa que ela está livre de fornecer o que foi citado. Esta decisão pode fazer parte de um plano estratégico para o início da expansão como forma de atrair mais candidatos em um menor espaço de tempo ou porque já está embutida no estoque inicial ou outro item da franquia.

O importante é a responsabilidade dela com o franqueado por se tratar de um sistema de franquia, que sem a transferência de um modelo já consolidado não funciona.

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saiba qual é a melhor franquia para você investir Agora
X